Higiene Ocupacional(HO)

Higiene Ocupacional(HO)

Os Laudos de Insalubridade e Periculosidade, Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho (LTCAT), Programa de Gerenciamento de Riscos (PGR), Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) fazem parte de um conjunto de documentações de saúde e segurança do trabalho desenvolvida pela equipe da B&R Engenharia às suas empresas clientes.

A B&R Engenharia dispõe ainda de modernos e sofisticados equipamentos de medições ambientais. Estes equipamentos realizam avaliações quantitativas de ruído, calor, vibração e agentes químicos sendo acompanhados de seus respectivos certificados de calibração de acordo com os requisitos estabelecidos.

PGR

O PGR veio para substituir o antigo Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA). Ele é um conjunto de procedimentos, técnicas de gestão, métodos de avaliação, registros e controles de monitoramento e avaliação de riscos que devem ser seguidos e adotados pela maioria das empresas como uma ferramenta de prevenção de acidentes e doenças do trabalho. Este programa é fruto de uma reformulação da Norma Regulamentadora nº 1 e deve ser composto de no mínimo o Inventário Geral de Riscos e do Plano de Ação da empresa.

PCMSO

O PCMSO é ferramenta para monitoramento e preservação da saúde dos colaboradores de uma empresa. Em regra, este programa tem como responsável um médico especializado em medicina do trabalho que estabelece os exames ocupacionais aos funcionários da empresa levando em conta os riscos ocupacionais os quais estão expostos, conforme o PGR e a Norma Regulamentadora nº 7.

LTCAT

O LTCAT faz parte da legislação previdenciária sendo exigido pelo INSS tomando como base o decreto nº. 3.048/99 que procura determinar se as atividades laborais executadas na empresa configuram aposentadoria especial. Essas informações devem compor o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP), documento histórico-laboral do trabalhador que presta atividades especiais.

LAUDO DE INSALUBRIDADE E LAUDO DE PERICULOSIDADE

O Laudo de Insalubridade toma como critério a legislação trabalhista e visa estabelecer se os colaboradores têm direito ao adicional de insalubridade (que pode variar de 10%, 20% ou 40% dependendo do agente a quais estão expostos) conforme a Norma Regulamentadora nº 15. Já o Laudo de Periculosidade, tomando como base a Norma Regulamentadora nº 16 é formulado a partir de uma análise geral do ambiente, incluindo a sua exposição a energia elétrica, inflamáveis, explosivos ou violência.

Mais Serviços